a carregar guazi...

“Love the Future!”: Netizens Show Support for Ai Weiwei

" (…) some netizens have come up with a phrase, “Love the Future,” (爱未来 Ai Weilai) which looks and sounds very similar to Ai Weiwei’s name (艾未未). Many netizens have immediately adopted this new coded phrase to post on Sina Weibo as a form of protest; many of those “love the future” messages have also been quickly deleted."

(Source: chinadigitaltimes.net)

15th May manif continues in Spain

Democracia Real Ya!

Publico (Pt)

Al Jazeera (Eng)

Já temos metro!
Uma viagem diferente das outras viagens de metro - muito  entusiasmo,  muitas fotos, passos de lazer substituem os apressados  nestes  primeiros dias do metro em Xi’an.

Já temos metro!

Uma viagem diferente das outras viagens de metro - muito entusiasmo, muitas fotos, passos de lazer substituem os apressados nestes primeiros dias do metro em Xi’an.

99% vs 1%: the data behind the Occupy movement

Um simples vídeo a explicar os impressionantes números.

Um artigo no blog Shaoxing, sem dúvida uma história para seguir com atenção:


Anarquia na China

 Algo de espantoso está a acontecer numa vila no sul da  China. Na vila de Wukan, na província de Cantão, a população expulsou  todos os elementos do governo e da polícia local. Quando mil polícias,  armados com canhões de água e gás lacrimogéneo, surgiram para “repor a  ordem” os habitantes de Wukan resistiram ao ataque e não permitiram a  sua entrada na vila, que se encontra agora cercada sem ninguém poder  entrar ou sair.
(Read more)

Foto retirada da notícia original no Telegraph, mencionada no artigo do link em cima.

Um artigo no blog Shaoxing, sem dúvida uma história para seguir com atenção:

Algo de espantoso está a acontecer numa vila no sul da China. Na vila de Wukan, na província de Cantão, a população expulsou todos os elementos do governo e da polícia local. Quando mil polícias, armados com canhões de água e gás lacrimogéneo, surgiram para “repor a ordem” os habitantes de Wukan resistiram ao ataque e não permitiram a sua entrada na vila, que se encontra agora cercada sem ninguém poder entrar ou sair.

(Read more)

Foto retirada da notícia original no Telegraph, mencionada no artigo do link em cima.